Notícias

Conexão ABIMIP Nº 19 - 07/08/2018

Assembleia recompõe diretoria da ABIMIP

Após a assembleia extraordinária, composição da diretoria está completa

Com a realização de uma assembleia geral extraordinária no último dia 6 de agosto, a diretoria da Abimip está completa. Com a saída de alguns membros, estavam vagos dois cargos: a 3ª vice-presidência e a diretoria financeira da entidade.

Foram eleitos Rodolfo Hrosz para a 3ª vice-presidência e Fernando Martins como diretor financeiro. Como previsto no Estatuto, esses eleitos terão um mandato residual, isto é, até o fim de março de 2019. 

Com essa adequação, a atual composição da diretoria da Abimip ficou assim:

Cargo

Nome

Empresa

Presidente

Rodrigo Garcia

Pfizer

1º Vice-Presidente

Gabriela Mallmann

Aché

2º Vice-Presidente

Luiz Eduardo Violland

Hypera

3º Vice-Presidente

Rodolfo Hrosz

Sanofi

Diretor Financeiro

Fernando Martins

Boehringer

Diretora

Katherine Ruas

GSK

Diretora

Taís Uliana

Johnson & Johnson

Diretor

Sydney Rebello

Bayer

Diretora

Fabiana Queiroz

Reckitt Benckiser

Diretora

Tatiana Tsuji

Sanofi

Diretor

Alexandre França

Aspen Pharma

Diretor

Luiz Henrique S. Fernandes

Pfizer

Diretora

Leonora Coimbra

Hypera

Diretora

Laura Valdez

Daudt

Diretor

Daniel Guedes

Takeda

Brasileiro é o novo vice-diretor da OPAS

O ex-presidente da Anvisa, Jarbas Barbosa da Silva Junior, é o novo vice-diretor da Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS), vinculada à Organização Mundial da Saúde (OMS) e à Organização das Nações Unidas (ONU). O brasileiro irá trabalhar em Washington (EUA) e supervisionará os programas de cooperação voltados à família, gênero e curso de vida; doenças infecciosas e determinantes ambientais da saúde; doenças não transmissíveis e saúde mental; desenvolvimento sustentável e equidade em saúde; evidência e inteligência para a ação em saúde; e sistemas e serviços de saúde técnica mantidos em parceria com os 35 países membros da entidade. 

A carreira de Barbosa da Silva é marcada por uma forte atuação na rede pública, estando à frente da Anvisa até julho deste ano. Na agência brasileira destaca-se o seu trabalho na ampliação do acesso à saúde e o processo de regulamentação da aplicação de vacinas nas farmácias.

O brasileiro substitui o mexicano Francisco Becerra, que era o responsável pelo cargo desde 2013. Barbosa da Silva trabalhou na OPAS, de 2007 a 2010 na área de Vigilância Sanitária e Atenção às Doenças quando coordenou atividades regionais sobre controle de enfermidades transmissíveis e não transmissíveis, além de projetos de saúde veterinária e análise estatística. Além disso também integrou a delegação brasileira na Assembleia Mundial da Saúde, no Conselho Executivo da OMS e no Conselho Diretivo da OPAS e representou o Brasil no Comitê Executivo da OPAS, presidido pelo próprio brasileiro no biênio 2013-2014.

Autocuidado inspira ações em outros países

O Brasil está a um passo de promover o conceito de Autocuidado à política de saúde pública por meio do PL N.º 9.714/2018, do deputado Odorico Monteiro (PSB/CE). Se aprovada, a data colocará o país ao lado de nações como Canadá, Austrália e Reino Unido, que já têm o autocuidado em suas agendas institucionais de saúde. 

No Reino Unido, por exemplo, a ideia é executada e desenvolvida por meio de diversas instituições, incluindo o National Health Service, serviço comparado ao Sistema Único de Saúde brasileiro. O Self-Care Forum, na Austrália, é responsável pela conscientização durante a semana do autocuidado, que ocorre todo ano. Já no Canadá, há um pacto entre governo e ONGs na propagação do conceito na sociedade civil.

Seguindo o exemplo dessas potências, o Brasil pode melhorar a qualidade e expectativa de vida de sua população, aumentar a saúde e, consequentemente, a produtividade da população. 

Publicado em: 7 de agosto de 2018 às 10:08.
Imprimir
O que você procura?

Edifício Landmark - Av. das Nações Unidas, 12.399 - conjunto 71B - Brooklin Novo - São Paulo/SP, 04578-000 - Telefone: 55 11 5102-3596