Notícias

Conexão ABIMIP Nº 29 - 16/10/2018

Conscientização especial sobre autocuidado

A ABIMIP tem investido em diferentes iniciativas para propagar o conceito correto do autocuidado e fortalecer o olhar sobre os MIPs. Uma ação que obteve resultados significativos foi a parceria com o portal Minha Vida, o maior canal online de saúde e bem-estar do Brasil, firmada há um ano. O trabalho em conjunto prevê a produção de conteúdos diversos que auxiliem a adoção de hábitos saudáveis e a tomada de decisões conscientes sobre a saúde por parte da população. Tudo isso está disponível e é totalmente compartilhável. Basta acessar o site e nos ajudar a compartilhar esta conscientização.

O canal criou, nas diferentes plataformas digitais que possui, um diretório especial sobre autocuidado, cujo conteúdo tem a aprovação da ABIMIP, no qual disponibiliza matérias explicando a diferença entre autocuidado e automedicação, os hábitos e cuidados necessários para enfrentar doenças sazonais e os passos fundamentais para desenvolver o bom senso no processo de avaliações nas decisões pessoais sobre a saúde.

Os associados podem nos ajudar nesta missão de disseminar estes conceitos e movimentar este conteúdo que estará disponível por tempo indeterminado. Acessem, confiram e compartilhem. Abaixo alguns dos resultados obtidos com esta parceria.

+12 MM de impressões no Facebook 

+1.6 MM de acessos nas Diárias de DHTML 

+207 Mil pageviews nos conteúdos 

+1.8 MM views nos vídeos (Autocuidado, Remédios, Trocas do Bem, Prevenções Caseiras e Tarjas de Medicamentos) 

Perspectivas apontam crescimento no mercado de MIPs

A consolidação da parceria entre a ANVISA e a ABIMIP para resolver o gargalo de demandas para reclassificação de medicamentos isentos de prescrição abriram um novo horizonte a ser explorado pelo segmento de MIPs. Para os próximos anos as perspectivas são de desenvolvimento do mercado, com a criação de novas categorias de MIPs e a ampliação das já existentes. Atualmente, existe uma fila de 27 pedidos de switch em análise na agência regulatória e a ABIMIP estima haver mais de 50 moléculas com potencial de reclassificação. Mas as etapas regulatórias e burocráticas representam apenas parte do desafio: as mudanças apresentam novos obstáculos para as marcas e seus futuros produtos.

Os desafios da inserção após a reclassificação podem ser observados no mercado norte-americano. Em sua apresentação para o “Abrafarma Future Trends 2018”, a fundadora e CEO da Susan B. Levy Consulting, Susan B. Levy, abordou diversos conceitos defendidos pela ABIMIP nos últimos anos. A consultora afirmou que 40% dos switches realizados naquele mercado falharam comercialmente nas últimas décadas, por não atenderem alguns pré-requisitos que vão além da regulamentação. Para a especialista, os fatores-chave que determinam o sucesso da conversão do produto se voltam para a otimização do processo de planejamento, visando maximizar os resultados comerciais no lançamento destas “novas” marcas. O gerenciamento de categoria é crucial: nutrir um bom relacionamento entre o varejo e a indústria aprimora a experiência de compra dos consumidores e estimula o conhecimento a respeito dos benefícios que os MIPs podem oferecer.

A consciência de que MIPs oferecem opções eficientes no tratamento para males menores vem se solidificando. O trabalho desenvolvido pela ABIMIP tem sido estratégico para o amadurecimento e valorização do segmento dos MIPs e a reclassificação continua sendo uma prioridade da entidade cujo papel é dar suporte às indústrias para que façam a transição acontecer de forma proveitosa e eficiente para todos.

Publicado em: 16 de outubro de 2018 às 08:10.
Imprimir
O que você procura?

Edifício Landmark - Av. das Nações Unidas, 12.399 - conjunto 71B - Brooklin Novo - São Paulo/SP, 04578-000 - Telefone: 55 11 5102-3596